domingo, 15 de janeiro de 2017

ELÉCTRICO - IV

6.26.7 - O Eléctrico IV - Electricos na Rua dos Clérigos, das Carmelitas, no Carmo e Cordoaria



Rua dos Clérigos – eléctrico descendo pela esquerda - início séc. XX


Belíssima foto da Rua dos Clérigos – 1905 – eléctrico subindo pela esquerda – do lado direito vêem-se os chamados carapuceiros, lojas de venda de vestuário barato normalmente exposto no exterior.



Eléctrico da linha 19 na Rua dos Clérigos – esta linha ligava a Praça da Liberdade a Matosinhos – cerca de 1950 – à esquerda vêem-se os letreiros da Radio Porto e o MEIAS do Espelho a Moda – ao longe o Coliseu do Porto e a Igreja de Santo Ildefonso. 

Eléctricos do Porto – Manoel de Oliveira - 1956


Rua dos Clérigos – anos 60 – um BMW 1600 e um Isetta, minúsculo carro italiano do pós-guerra  – à direita ainda existiam os Armazéns Carreiras, mais tarde a Camisaria Central.

O Porto há 100 anos


Praça da Liberdade e Rua dos Clérigos - passagem inferior para Praça Almeida Garrett - anos 60


Rua das Carmelitas ainda com construções


Rua das Carmelitas possivelmente em época de Natal - foto em Os Velhos Eléctricos do Porto


O 18 subindo a rua das Carmelitas – 1977

Linha 18, a última a ser extinta – Percurso no último dia em que circulou – Maio de 1996


Igrejas do Carmo e Carmelitas – 1895 – a primeira ainda sem o revestimento de azulejos


Em frente à Igreja do Carmo


No mesmo local - 2/ - este eléctrico ia para a Foz, via Carvalhosa. O 2 seguia pela Rua D. Manuel II e encontravam-se na Praça de Mouzinho de Albuquerque.


Cordoaria, 1885 - de onde saía a linha que descia a Restauração até Matosinhos – foto de Emílio Biel tirada de um ângulo pouco vulgar, possivelmente da Escola Médico-Cirúrgica – veja-se quão diferente era antes do arranjo do jardim. Vê-se a “árvore da forca”, o telhado da Igreja da Senhora da Graça (Colégio dos Órfãos), as obras da Escola Politécnica, a Torre dos Clérigos e a Cadeia da Relação. O barracão devia ser para guardar ferramentas dos trabalhadores.


Rua de Magalhães Lemos e Avenida dos Aliados - foto de Carlos Dias.

Sem comentários:

Enviar um comentário